Projetos Temáticos

Função e restrição na ecologia e evolução

Coordenadores: Fabiana Oliveira da Silva, Francisco C. R. de Barros Jr

Missão: Analisar usos do conceito de função em ecologia e evolução, e dar continuidade ao desenvolvimento da abordagem organizacional de função aplicada a estas ciências e à gestão ambiental.

Perda de habitat e biodiversidade: Integrando efeitos evolutivos e ecológicos e aproximando a ciência da prática ambiental

Coordenadores: Eduardo Mendes da Silva

Missão: Investigar o papel de fatores ecológicos e históricos na determinação da biodiversidade de paisagens fragmentadas de Mata Atlântica, identificando os mecanismos subjacentes e desenvolvendo ferramentas para gestão ambiental.

Serviços de polinização em agroecossistemas

Coordenadores: Blandina Felipe Viana, Danilo Boscolo e Fabiana Oliveira da Silva

Missão: A implementação de um sistema de produção de animais neotropicais zootecnicamente viáveis como estratégia de segurança alimentar para produtores de baixa renda estabelecidos em assentamentos do MST e suas famílias no sul da Bahia.

Distúrbios naturais e antrópicos na Baía de Todos os Santos: Estudos teóricos e empíricos aplicados à conservação da biodiversidade marinha (DiNABTS)

Coordenadores: Francisco Carlos Rocha de Barros Junior

Missão: Avaliar o efeito de distúrbios naturais e antrópicos em diferentes assembleias biológicas da Baia de Todos os Santos (BTS). Publicação de resultados em jornais científicos, formação de pessoal qualificado, interação com a sociedade e iniciativas de conservação, interação com outros PTs e PIs.

Determinantes ecológicos de padrões de diversidade atuais e históricos de comunidades biológicas do estuário do rio Paraguaçu

Coordenadores: Selene Siqueira da Cunha Nogueira

Missão: Investigar os efeitos da fragmentação hidrológica sobre padrões de estrutura e função de comunidades biológicas passadas e atuais da bacia hidrográfica do estuário do rio Paraguaçu, através de pesquisa empírica e desenvolvimento de modelos teóricos e computacionais preditivos.

Modelagem ambiental nos biomas Caatinga e Mata Atlântica: Geodiversidade e biodiversidade como estratégias de conservação territorial

Coordenadores: Sérgio Luis Gama Nogueira Filho

Missão: Desenvolver e aplicar estratégias metodológicas usando ferramentas de modelagem ambiental para monitoramento, planejamento e conservação dos biomas Caatinga e Mata Atlântica.

Biodiversidade, serviços ecossistêmicos e produtividade em agroflorestas de cacau

Coordenadores: Francisca Soares de Araújo, Lorenzo Roberto Sgobaro Zanette

Missão: Desenvolver pesquisas sobre as relações entre diversidade de espécies, serviços ecossistêmicos e produtividade em sistemas agroflorestais de cacau, considerando gradientes de intensificação do manejo local das plantações e de cobertura florestal na paisagem, que permitam avaliar implicações socioeconômicas e ambientais associadas à intensificação do uso da terra, bem como propor critérios para conciliar produção e conservação ambiental na região cacaueira, com ênfase nas plantações tradicionais no sistema de cabruca.

Projetos Temáticos

A sociobiodiversidade do Litoral Norte Baiano: pesquisa interdisciplinar sobre os saberes e as práticas naturais, a mobilidade, as dinâmicas territoriais e o desenvolvimento rural sustentável em um bioma de Mata Atlântica

Coordenadores: Lídia Maria Pires Soares Cardel

Missão: Compreender a sociobiodiversidade do Litoral Norte baiano a partir da análise dos saberes e práticas socioeconômicas tradicionais e das formas de mobilidade executadas pela população local, das dinâmicas territoriais estabelecidas e das perspectivas de desenvolvimento rural sustentável

Uso de coprodutos da fruticultura tropical na produção de mamíferos neotropicais como alternativa de uso sustentável por produtores rurais do sul da Bahia

Coordenadores: Hilton Ferreira Japyassú, Henrique Batalha Filho

Missão: Investigar aspectos da fisiologia digestiva, comportamento e sanidade do caititu (Pecari tajacu), como espécie modelo, visando aprimorar sistemas de produção de mamíferos neotropicais como alternativas de uso sustentável por pequenos produtores rurais, associando-os à produção de frutos que podem ser usados na alimentação dos animais, diminuindo custos e estabelecendo um fluxo fruticultura-pecuária.

Evolução da perda de biodiversidade em áreas em processos de degradação no estado do Ceará

Coordenadores: Emilio de Lanna Neto, Ana Maria Rocha de Almeida, Leandro Martins de Freitas

Missão: Compreender relações entre tempo/intensidade de uso da terra e variações de diversidade (genética, funcional, específica) em áreas sob processo de degradação/desertificação, com base na reconstrução da evolução histórica a partir de microfósseis e do estado atual da diversidade.

Genes, canto e socialidade: Diferentes abordagens no estudo da variação geográfica

Coordenadores:

Henrique Batalha Filho e Hilton F. Japyassú

Missão: Investigar covariação entre sistemas genéticos e comportamentais ao longo do espaço, testando hipótese de que plasticidade fenotípica leva a relativa independência entre fenótipo comportamental e variação genética, reduzindo correlação entre estruturas espaciais genética e comportamental

Integrando plantas e animais para melhor compreendermos a evo devo e a evolução da diversidade de organismos multicelulares

Coordenadores: Ana Maria Rocha de Almeida, Nei de Freitas Nunes Neto

Missão: Investigar papel de redes de regulação gênica (GRNs) e módulos dinâmicos de padronização (DPMs) no estabelecimento da polaridade do plano corporal em organismos multicelulares e seu papel na evolução da diversidade de padrões corporais.

Estudos evolutivos de parasitas humanos: biologia de patógenos, filogenia, filogeografia e plasticidade fenotípica

Coordenadores: Paula Carvalhal Lage von Buettner Ristow

Missão:

PT13: Realizar estudos evolutivos de organismos infecciosos causadores da doença de Chagas e leptospirose, através de reconstruções filogenéticas, investigações da estrutura populacional, avaliação da plasticidade fenotípica e pesquisas sobre evolução de genes relacionados ao comportamento cooperativo em bactérias.

Projeto secundário (Covid-19): levar informação qualificada à população em geral e especialmente às populações carentes e em situação de maior vulnerabilidade social e sanitária.

Efeito das mudanças climáticas no microbioma, na fixação de carbono e na qualidade da água de aquíferos

Coordenadores: Pedro Milet Meirelles

Missão: Nosso objetivo neste projeto é avaliar os possíveis efeitos das mudanças climáticas nas comunidades microbianas dos aqüíferos e na fixação de carbono. Para isso, iremos: i) construir um modelo de nicho ecológico para as comunidades bacterianas dos aqüíferos, incluindo informações de grupos microbianos recentemente descobertos; e (ii) realizar avaliação da comunidade microbiana em um aqüífero submetido a diferentes condições ambientais, para a validação do modelo de nicho ecológico; para então iii) testar empiricamente os efeitos das mudanças climáticas na fixação de carbono das águas subterrâneas e na estrutura das suas comunidades microbianas. Para desenvolver o projeto, reunimos uma equipe diversificada de especialistas com abordagens inovadoras. Utilizaremos grandes conjuntos de dados disponíveis em repositórios públicos, experimentos de campo e manipulativos com tecnologias de ponta e modelos integrados para prever como a mudança climática afetará comunidades microbianas e ciclos de carbono em escala global.